11 junho 2017

Carla Silva ― desafio nº 119

O livro esquecido
O livro ainda estava no mesmo sítio. Abri-o com cuidado e passei a mão pelo crisântemo seco que permanecia preso por um alfinete, como se assim estivesse mais perto de ti.
Retirei-o com cuidado. Na folha amarelecida, aparecia outro crisântemo que o tempo se encarregara de pintar. 
Deixara aquele livro propositadamente esquecido, para ter uma desculpa para voltar.
Mas assim como o tempo secara aquele crisântemo, também ele se encarregara de secar os teus sentimentos por mim.
Carla Silva, 43 anos, Barbacena, Elvas

Desafio nº 119 ― crisântemo + alfinete

Sem comentários:

Enviar um comentário